Um homem tinha verdadeira paixão por feijão, mas sempre que comia, logo vinham aqueles terríveis gases, que por muitas vezes o deixavam em situações constrangedoras.

Certo dia sua mulher deu-lhe um ultimato: Ou parava com o vício no feijão, ou teriam que dormir em quartos separados. Ele aceitou o pedido e parou de comer feijão.

Depois de alguns meses, quando voltava pra casa do trabalho, seu carro dá uma pane e para em frente a um restaurante. Ele sente um aroma maravilhoso de feijão, não resiste a seu desejo e come três pratos de feijão. Como ele voltou pra casa a pé, imaginou que os efeitos passariam antes de encontrar sua esposa e os gases não seriam mais um problema.

Ao chegar em casa, a esposa vai encontrá-lo na porta muito contente e lhe diz:

– Querido, o jantar hoje é uma surpresa!

Então ela coloca uma venda nos olhos do marido, leva-o até a sala de jantar e o faz sentar-se à mesa.

Quando a esposa estava prestes a lhe remover a venda, o telefone tocou e, antes de atender, ela o fez prometer que não tiraria a venda enquanto não voltasse.

Ele, claro, aproveitou a oportunidade e descarregou todos os gases que podia. Cada um pior que o outro. Pareciam fogos!

Ouvido atento à conversa da mulher no telefone, continuou com sua “metralhadora” por mais uns três minutos, até ouvi-la se despedir no telefone.

Quando a esposa volta à sala pedindo desculpas por ter demorado tanto, ela remove a venda e grita: “SURPRESAAAA!”

Ao abrir os olhos, ele dá de cara com os doze convidados sentados à mesa para comemorar seu aniversário! (fonte: www.tudoporemail.com.br)